Início > Micro$oft, Software Livre, Tecnologia > LibreOffice ao alcance de todos

LibreOffice ao alcance de todos

Claro que o LibreOffice é livre, o nome por si só já mostra isso a todos, portanto está ao alcance de todos. Para quem ainda não o conhece, na verdade provavelmente só não está ligando o nome à pessoa. Como expliquei no post passado, é a continuação do projeto OpenOffice.org pela comunidade.

A questão é que apesar de estar há muito tempo no mercado de suítes de escritório e no caso do Brasil já ter uma boa participação desse mercado, muitas pessoas ainda não o utilizam por não acreditarem que possam substituir a suíte da Micro$oft com eficiência. Algumas vezes até acreditam que a substituição é viável, mas teriam de aprender tudo de novo ou seria complicado seu uso.

Isso não está nem perto da verdade e as iniciativas para demonstrar isso muitas vezes não alcançam os usuários não técnicos. Outras vezes apenas não ficam conhecidas. Pensando nisso que resolvi escrever este post, divulgar uma dessas iniciativas, de um amigo, o Klaibson Ribeiro. Ele publicou há poucos dias um livro e o deixou para livre download.

Esse livro cuida justamente de dar o primeiro passo, dicas para usuários leigos (o blog dele se chama BrOffice para leigos, bem descritivo, não?), mostrando como começar, desde explicações do que é, como instalar, seja no Windows ou no Linux.

Se é o seu caso ou se você conhece quem está nessa situação, é uma dica ótima, passe adiante e torne as pessoas cada vez mais livres nas suas atividades. Você pode encontrar o blog aqui e baixar o livro em formato PDF, pronto para leitura ou impressão, ou em ODT (formato padrão para distribuição de textos, que também é livre) para adaptações, segundo a licença Creative Commons.

=-=-=-=-=
Powered by Blogilo

  1. abril 30, 2011 às 9:42 am

    Gracias por compartir la noticia Teseu, creo que emprenderé mi primer proyecto de traducción de tu lengua a la mía, dado que mucha gente me pide manuales en castellano de “LiBo” y me parece a un primer vistazo que el libro de tu amigo está de mil maravillas.

    Muchas gracias de nuevo. Ando bastante inactivo en Fedora por el momento, por falta de tiempo, pero creo que esto es algo que me viene bien en mis tiempos libres (muy reducidos ahora). Veré si hay gente que pueda responder a través de convocar en un proyecto abierto.

    Un abrazo.

    • abril 30, 2011 às 10:01 am

      Sempre é tempo para isso amigo, tenho certeza que o autor ficaria feliz com sua intenção de tornar o projeto internacional.
      Obrigado por passar por aqui.

  2. abril 30, 2011 às 10:57 pm

    Túlio, mais uma excelente informação sobre o mundo “livre” que você compartilha. Obrigado!!!

    Espero que esse trabalho ajude os brasileiros que estão na ilegalidade do MS Office pirata a utilizarem um produto similar que atende a maioria das necessidades.

    • maio 1, 2011 às 5:46 am

      A ideia é justamente essa, as pessoas usam menos o Software Livre por desinformação do q por outro motivo qualquer.

      Tendo a informação, sabendo até onde pode ir, é provável q mais pessoas ñ precisem mais, já q tb empresas ñ usariam e precisariam de empregados com experiência no Software Livre.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: