Início > Opinião > Demorou, mas acabou

Demorou, mas acabou

O OpenOffice.org, principal suíte de escritório de Software Livre e concorrente mais conhecido do Microsoft Office, no Brasil é mais conhecido como BrOffice.org, por conta de um registro prévio já explicado na extinta Revista Fedora Brasil. Era o software mais conhecido da Star Division, quando era chamado de Star Office. Então a empresa foi comprada pela Sun e a suíte passou se chamar OpenOffice.org e se tornou cada vez mais conhecida e difundida, com versões para Linux e MS Windows.

Sob a tutela da Sun ficou conhecido e veio a ser o padrão para suítes de escritório do mundo livre, apesar de várias outras soluções, quase nenhuma é tão conhecida ou usada em escala tão larga. O seu modelo passou a ser o padrão de troca de documentos, apesar do lobby da Microsoft para aprovar o OpenXML pela ISO.

Mesmo com alguns problemas com a comunidade com a maneira como a Sun conduzia as atualizações, a comunidade seguiu firme colaborando e desenvolvendo o aplicativo. Mas então entrou a Oracle, que comprou a Sun, gerando incerteza para a suíte livre.

Após vários problemas com a nova burocracia para as atualizações e muitas discordâncias com a comunidade, essa última acabou por iniciar um fork (quando uma nova linha de desenvolvimento paralela ganha independência do original) chamado LibreOffice. Depois de um período de incerteza, o apoio do Fedora (na sua próxima versão já trás como padrão o LibreOffice), do Ubuntu e outros, a comunidade abandonou definitivamente o projeto principal e seus colaboradores passaram a desenvolver o LibreOffice.

Agora a Oracle reconheceu que o projeto se esvaziou e decidiu por não mais apoiar o OpenOffice.org, devolvendo-o à comunidade. Como isso foi pouco para quem já se sentia abandonado, por fim foi anunciado o fim do desenvolvimento do OpenOffice.org, que equivale a dizer que o projeto está enterrado, depois de tantos anos à frente das transições para o mundo livre, para quem parte das soluções mais conhecidas e pagas.

Mesmo que o projeto ganhe mais velocidade, mais desenvolvedores, mais agilidade e a mudança maior esteja restrita ao nome, fica sempre a impressão de que algo se perdeu, com um gigante do Software Livre finalmente encontrando seu fim, ou um recomeço não desejado pela maioria.

=-=-=-=-=
Powered by Blogilo

Categorias:Opinião
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. abril 30, 2011 às 8:43 am

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: